Deu ruim: quando o Ponto Frio virou uma fria

Apesar de existirem sites específicos para os consumidores registrarem reclamações, vou compartilhar com vocês algo muito chato que aconteceu nos últimos dias, quando o Ponto Frio (Ponto Fria, para os mais íntimos) cancelou a entrega do meu guarda-roupa e me deixou com cara de tonta, falando sozinha e de mãos atadas.

Há uns 5 anos eu, toda caipirona e cheia de medo “das modernidades”, fiz minha primeira compra pela internet. Como vocês já devem imaginar, comprei uma Melissa. Naquela época as lojas virtuais queriam ganhar território, então era fácil conseguir frete grátis e boas ofertas. Eu sou a pessoa que mais ama descontos nesse mundo e de lá para cá fui experimentando novos sites, comemorando os acertos e aprendendo com os erros.

Aqui em casa a geladeira, câmera fotográfica, notebook, os móveis do quarto da Lupita, livros, bonecos, sapatos e até roupas foram comprados pela internet… acredito que 80% de tudo que compro vem de lojas virtuais. Vocês já devem ter percebido que essas lojas oferecem preços bem melhores que as lojas físicas. Não é raro encontrar ofertas relâmpago, cupons de desconto, preços mais baixos para quem paga no boleto… enfim, é possível fazer uma pesquisa de preço em poucos minutos e fechar um bom negócio.

Em uma dessas pesquisas encontrei um guarda-roupa do jeitinho que eu quero, com as divisórias iguais (para não ter briga entre o casal) e muitas gavetas. Fiquei vigiando o preço até que o Ponto Frio anunciou uma boa oferta e eu comprei o bendito guarda-roupa em 1x no cartão de crédito. Na fatura de julho veio a cobrança e eu paguei, feliz da vida, porque até 18 de agosto meu guarda-roupa novo chegaria, MAAAAAS recebi um e-mail, cancelando a entrega por “problemas logísticos”.

Na mesma hora eu mandei mensagem no Chat, e-mail, fiz uma reclamação do Reclame Aqui, movi um mundo dizendo que não queria o cancelamento da compra e que preferia esperar o guarda-roupa, mesmo que ele demorasse mais do que o previsto inicialmente. Não adiantou, a loja cancelou minha compra e avisou que vai fazer o estorno no meu cartão, sem juros e correção monetária, na futura deste ou do próximo mês.

Para me deixar ainda mais cabreira, o site continua vendendo o tal guarda-roupa normalmente, porém com um valor 200 reais mais alto. Recebi até aqueles e-mails promocionais oferecendo o mesmo guarda-roupa, dá para acreditar?! É muita cara de pau e desrespeito com o consumidor.

É aquele ditado (modo Inês Brasil, a-ti-var): o barato sai caro. Já consegui descontos ótimos comprando pela internet, porém NUUUUUUNCA mais compro nada no Ponto Frio! E se alguém quiser ler minha história no Reclame Aqui, lá expliquei tudo bem explicadinho (Link do meu barraco).

JULIANA DESMAIADA

Continuo sendo uma entusiasta das compras em lojas virtuais, mas fica o aviso para quem não quiser ter dor de cabeça. Ponto Frio é uma Fria!

Alguém aí já passou por situação parecida? Já levou calote ou recebeu produto detonado? Conta para mim nos comentários! 

Grande beijo!

Hasta la Ju nas redes sociais:

♥ Facebook | Instagram | Youtube ♥

 

>

Leave a Reply