Archive of ‘Favoritos’ category

Lenços umedecidos Bebê Natureza (Biotropic)

Usar algodão com água morna nas trocas de fralda é o que pretendem 9 entre 10 grávidas, mas a maternidade real é cheia de armadilhas e nem sempre conseguimos colocar esse tipo de plano, aparentemente simples, em prática.

Desde a primeira troca da Lupita, ainda no hospital, usamos lenços umedecidos. Até tentei usar algodão com água morna nos primeiros dias em casa, mas trocando a Lu entre 8 e 12 vezes por dia (recém nascidos fazem muuuuito xixi e cocô), não achei esse método tranquilo e nem favorável.

De lá para cá experimentei várias marcas de lenços umedecidos e meu queridinho do momento é o Bebê Natureza, da Biotropic.

lenço umedecido bebê natureza

Os pontos positivos são muitos pois, além de ter um precinho amigo (entre 5 e 8 reais), ele não deve nada para nenhuma grande marca. Diria até que as supera…

O perfume é muito gostoso, não é enjoativo a ponto de nos deixar com dor de cabeça (sinto isso com o da Granado, que é cheiroso em excesso) e não deixa a pele do bebê com cheiro de coisa estragada (algo que eu percebo quando uso os lenços da Johnsons) .

lenço umedecido bebê natureza biotropic

A textura é suave, limpa o bumbum com poucas passadas e sem agredir a pele do bebê (nesse quesito me incomodam os lenços da Huggies – Turma da Mônica, que são ásperos e rasgam com facilidade).

São 50 lencinhos com 20x14cm dobrados um a um, o que evita desperdício uma vez que você tem total controle sobre o que sai da embalagem (acho difícil pegar só um lenço nas embalagens da Johnsons e da Pampers, pois eles vem emendados e você acaba usando bem mais do que necessário).

Importante: O produto não contém álcool etílico na sua formulação é hipoalergênico e cruelty free, ou seja, a Biotropic não testa em animais.

bebê natureza biotropic1

O ponto negativo está no sistema abre e fecha adesivado, mas apesar dessa característica, a embalagem é linda (tem porquinhos! Sou ALOKA dos porquinhos) e a cola dura até o descarte, já que não fica escapando um lencinho após o uso.

As vezes tenho a impressão de que ele deixa a pele molhada, não é sempre, mas já aconteceu. Quando percebo isso, seco o bumbum da Lu com uma fralda de pano antes de aplicar a pomada.

Resumindo: os lenços Bebê Natureza oferecem um ótimo custo x beneficio para as mamães. São os meus favoritos e se você gosta da textura dos lenços Dove, Fisher Price, Babysec e Granado, há uma grande chance de você se apaixonar.

Alguém aí já usou os lenços umedecidos Bebê Natureza? O que acharam?

Para conhecer todos os produtos da Biotropic clique aqui.

Grande beijo!

Hasta la Ju nas redes sociais:

♥ Facebook | Instagram | Youtube ♥

Dica: Nomes no Brasil (IBGE)

Que saudade desse Blog! Nos últimos tempos eu estive tão mergulhada nas tarefas da escola (e tentando deixar as coisas prontas para quando a minha bebê chegar), que os dias pareciam não ter 24 horas. Não sobrava um tempinho para mim e, por consequência, para nós!

Estou iniciando o meu período de licença gestante e espero encontrar um tempinho para atualizar o blog com as mil coisas que eu desejo compartilhar com vocês. A primeira delas é uma pesquisa que o IBGE liberou essa semana sobre os Nomes no Brasil.

nomes do brasil ibge

A busca é simplificada e gera dados de fácil entendimento, então é certeza que você vai perder a noção de tempo buscando muitos e muitos nomes.

Eu pesquisei o meu nome e descobri que Juliana é o 6º nome feminino mais comum no Brasil e o 29º nome mais comum se considerados ambos os sexos. Engraçado que a maioria das Julianas nasceram nas décadas de 80 e 90 (eu sou de 1989), e agora a criançada se chama Julia…

Para compensar o meu nome baciado, a minha filhotinha se chamará Lupita e será a 30ª com esse nome em todo o Brasil. Achei que era um nome diferente, só não imaginei que seria tão raro no nosso país. Adorei!!!

Eu achei interessante ver como os dados batem certinho. Minha mãe se chama Iracema, nasceu nos anos 50, no Rio Grande do Sul e tcharan:

iracema

Muito legal, né? Ahhh, e eu ri muito com as variações do nome Douglas. Vocês acreditam que há vários Duglas e Dougalas por aí?

Para descobrir mais sobre o seu nome clique aqui e se divirta!

Hasta la Ju nas redes sociais:

♥ Facebook | Instagram | Youtube ♥

Gordice das boas: Capuccino da Kopenhagen

Olá, tudo bem com vocês? Não é segredo que eu gosto de comer bem. Sou esganada quando o assunto é comida gostosa e no rodízio ou em festinhas, eu dou prejuízo. Para comprovar esse instinto devorador, quando criança, comia 4 médias (é assim que chamamos pão francês na Baixada Santista) e só parava de comer porque os familiares pegavam no meu pé.

Nesse caso comer bem é muito diferente de comer coisas saudáveis. Comer bem é encher a pança com coisas deliciosas, sem se importar muito com o valor nutricional ou com as medidas de circunferência.

Quando encontro uma coisa deliciosa eu quero comer aquilo até cansar. É engraçado que, geralmente, esse instinto avassalador se desenvolve por coisas que eu não gostava antes. Foi isso que aconteceu quando experimentei beterraba, coentro, pé de moça, alho poró e capuccino.

Até hoje eu não gosto de café, mas o capuccino é mais suave, docinho e quando o capuccino é da Kopenhagen, se preparem, pois ele é gordo e chocolatudo. Perfeito!!!

capuccino-474x325

Se você ainda não experimentou, vou descrever o que estará te esperando…

CAPUCCINO KOPENHAGEN

Capuccino + muito chocolate derretido no fundo da caneca + chantilly + canudo com chocolate (meu escolhido) OU pastilha de chocolate com menta OU cookie + copo pequeno de água com gás.

CAPUCCINO KOPENHAGEN 2

Caso você já tenha provado, o que é tentar mexer essa bebida? Tem um reboco de chocolate no fundo da xícara!!! Quase surtei quando eu vi.

O capuccino é vendido na versão pequena (60ml) ou grande (110ml). Vocês nem desconfiam de qual tamanho eu pedi, né? Lá vai uma dica: o grande custou R$16,00 na loja do Shopping Tivoli, em Santa Bárbara d’Oeste/SP, e o pequeno eu nem vi o preço, rs.

Gostei tanto, que um dia depois de tomar essa delícia pela primeira vez, comprei uma barra de chocolate, canudinhos recheados e aqueles pós para preparo de capuccino. Fiz em casa algo aproximado e ficou muito bom.

Então é isso, se não experimentou, experimente!

Beeeeeeeijos!

Hasta la Ju nas redes sociais:

♥ Facebook | Instagram | Youtube ♥

Favoritos de 2015: Séries

O ano de 2015 está quaaaase acabando e nessas horas eu me pego resgatando memórias e fazendo planos.

Uma das coisas que eu mais fiz nas horas vagas de 2015 foi assistir séries com o Douglas, principalmente as séries disponíveis do Netflix. Nós temos o pacto de esperar um pelo outro para assistirmos juntos, então quando um viaja, o outro está trabalhando ou as nossas séries acabaram, cada um caça uma série independente e apresenta para o outro. Vai que cola, né?

As vezes acertamos e continuamos juntos, outras vezes a série não agrada e o negócio é insistir sozinho. Sendo assim, vou listar os lançamentos de 2015 que nós assistimos e aprovamos:

Better Call Saul

Better Call Saul

A série se passa em 2002, seis anos antes de Breaking Bad, e mostra como Saul Goodman se tornou um advogado que topa qualquer parada. Better Call Saul tem a dose certa de humor, drama e água de pepino. Super indico, principalmente se você assistiu e gostou de Breaking Bad!!!

Sense8

sense8

Oito pessoas que compartilham visões e podem interagir em lutinhas e momentos de perengue… isso parece legal, maaaaas no começo essa série me causou sonolência e foi por pouco que eu não desisti dela. Cada personagem tem um dom, problemas particulares e memórias. Um depende do outro, então quando as interações se intensificam a série vai esquentando. Tem até umas surubinhas desnecessárias para te deixar com vergonha de estar assistindo aquilo. Estou esperando a segunda temporada 🙂

Demolidor

demolidor

Sabe aquela série que você quer que todo mundo assista? Não dá um pinguinho de sono porque tem pancadaria, reconstrução do passado através de memórias fortes e os draminhas de quem guarda um segredo (típico de um super herói). Os atores são muito bons, e esse Wilson Fisk é um monstrão, minha gente. Isso que é vilão!

Jessica Jones

jessica_jones

“Ai que burra! Não acredito que ela fez isso! Epa, pera… aeeee Jessiquinha!!!”, e as mesmas reações se repetiam até a primeira temporada acabar. Gostei bastante!

12 monkeys

MONKEys

Como toda história que envolve retornos ao passado (nesse caso o passado de 2043 é 2015) para salvar a humanidade, várias cagadas acontecem. É uma adaptação do filme Os doze macacos (1995) e faz algumas referências a ele, mas eu só assisti o filme depois de terminar a série, que deixou um gostinho de quero mais…

Além dessas séries que foram lançadas em 2015, também assisti séries antigas e algumas para dar continuidade… são elas:

séries

The Walking Dead: os zumbis já não são o maior problema e as pessoas ficam loucas para sobreviver puxando o tapete dos coleguinhas. Chega personagem, morre personagem, eu só quero que o Daryl sempre esteja vivinho porque ele é o meu preferido <3

Orange is the New Black: me divirto com as personagens, mas a terceira temporada teve muita enrolação. Eu detesto quando a série cativa os fãs e depois vai avacalhando com temporadas vazias. Dexter me perdeu com essa mania de encher linguiça e The Walking Dead tá por pouco, rs.

House Of Cards: é aquela onde Frank Underwood faz os paranauê para se tornar presidente dos Estados Unidos da América.

Family Modern: um belo dia eu comecei a assistir e gostei da dinâmica da série. Família é família, então é impossível não se ver em algumas situações.

How I Met Your Mother: enrolação, piadinha sem graça, piadinha engraçadinha, e a Lily sendo a mais fofa do universo. Assistimos sem compromisso, mais para tapar buraco, sabe? E para quem acha que essa série pode ser comparada a Friends eu digo: Não, obrigada.

Assistir séries é uma maneira barata e preguiçosa de ter lazer. Para mim, que tenho memória fraca para filmes, ajuda a criar laços com os personagens e mantém a minha curiosidade para as próximas temporadas.

Alguém assistiu essas séries? Tem alguma para indicar? 

Grande beijo e feliz ano novo!!!

Hasta la Ju nas redes sociais:

♥ Facebook | Instagram | Youtube ♥

Dica de filme: Afinado no Amor

Para dar uma movimentada aqui no blog resolvi sempre que puder escrever sobre algum filme que eu gostei de ter assistido com meu namorado (ou seria namorido?).

E para começar esse novo tipo de postagem, eu gostaria de chamar atenção para aqueles atores e atrizes que parece que ao longo de sua carreira, conquistaram uma espécie de crédito com a gente. Você já deve ter sentido isso: é só eles aparecerem no cartaz do filme para a gente querer assisti-lo. Por mais que, muita das vezes, você tenha a percepção de que o filme será ruim, você sempre dará uma chance. Dentre muitos casos em que isso ocorre comigo, Adam Sandler com certeza é um deles. Eu sei o que você deve estar pensando e sinceramente não me importo se as comédias atuais dele não são grandes sucessos de crítica e se ele sempre faz o mesmo personagem em seus filmes. Eu adoro os filmes dele e estou ansiosa para ver o seu próximo lançamento em parceria com a netflix “The Ridiculous 6”.

adam novo filme

E para você ir se preparando enquanto essa estreia não chega, hoje eu falarei de um filme mais antigo dele (um dos meus prediletos), mas que também está disponível no serviço de streaming, que é o AFINADO NO AMOR. É uma comédia romântica que mistura bem um certo exagero cômico com momentos sentimentais muito fofos. Como par romântico do Adam Sandler vamos ter (pela primeira vez na história do cinema) a lindíssima Drew Barrymore. É até estranho e nostálgico (e por que não dizer assustador) ver os dois tão novinhos e perceber como formam um casal lindo (em COMO SE FOSSE A PRIMEIRA VEZ eles estão perfeitos, sempre que passa na televisão eu tenho que assistir).

afinado no amor

O filme foi lançado em 1998, mas a história dele se passa em 1985, e você vai ter como personagem principal o melhor cantor de casamentos da cidade Robbie Hart (Sandler), um cara que quando novo queria ser rockstar, mas com o passar do tempo se contentou em levar uma vida simples, onde a única coisa que realmente importava era se casar com sua noiva Linda (Angela Featherstone – que lembra muito a Elvira, rainha das bruxas). Porém ele acaba sendo abandonado no altar o que lhe faz entrar em uma terrível depressão. Como é uma comédia romântica, obviamente ele se envolverá em uma amizade recuperadora com Julia Sullivan (Drew) que evoluirá para um sentimento muito maior chamado amor… MAS nem tudo na vida é fácil: a tal de Julia está noiva de um outro rapaz…

elvira

Para saber o fim dessa história só assistindo mesmo! Vale muito a pena!

O que eu mais gosto do filme é a trilha sonora maravilhosa baseada nos anos 80, formada por músicas que fazem a gente querer agitar e “botar para quebrar”!!! Entre elas, clássicos como: Spin me Around, Video Killed the Radio Star, Love Stinks, Holiday, 99 Red Balloons… Ah… O Adam Sandler também toca duas músicas compostas pelo personagem dele que são bem marcantes! Uma delas é essa aqui abaixo, onde ele está em um momento depressivo:

Espero que gostem desse filme e aguardo os comentários para saber o que acharam!

PS: Aqui em casa eu, o bebezinho e o Dodo estamos bem. Não tenho dado muitas noticias sobre a gravidez por não ter muitas noticias sobre ela. Eu sinto sono, fome, coceira na pele que está esticando, mas a minha barriga tá bem pequena. Fiz o primeiro ultrassom e sério, foi amor a primeira vista. Muito emocionante ver ele se movimentando e não é certeza ainda, mas pelo visto teremos um piu-piu como acessório de fábrica, rs. Em breve venho fofocar mais com vocês sobre tudo isso.

Beeeeeeeeeeeeeijos!!!

Hasta la Ju nas redes sociais:

♥ Facebook | Instagram | Youtube ♥

Graphic MSP: Turma da Mônica – Laços | Vitor e Lu Cafaggi

Eu sou fã das Graphic MSP. São histórias escritas, desenhadas e coloridas por autores convidados que emprestam à Turma da Mônica e a outros personagens do Maurício de Sousa um traço inovador e um brilho único.

Estou apaixonada pela segunda história escrita pelos irmãos Vitor e Lu Cafaggi, Turma da Mônica – Lições. Assistam ao vídeo e conheçam as minha impressões:

Tentei não contar muitos detalhes da história, mas amei tanto essa HQ que falei um pouquinho mais do que o normal, rs.

graphic msp graphic msp turma da mônica graphic msp lições graphic msp lições e bidu graphic msp vitor e lu cafaggi

Tenham uma ótima semana!

Beeeeeijos <3

Hasta la Ju nas redes sociais:

♥ Facebook | Instagram | Youtube ♥

Batons Felicittá Looks

Hoje é o dia do batom!

Eu sou iniciante nesse paranauê da maquiagem, mas batom é algo que eu adoro usar. Sempre usei gloss e lip balm por serem hiper fáceis de aplicar, mas recentemente comecei a usar tons escuros e os batons com acabamento matte estão se transformando nos meus novos queridinhos.

A Felicittá Looks criou cores lindas com efeito matte e quero dividir com vocês o quanto essa marca de cosméticos me surpreendeu positivamente.

Das 5 cores que fotografei para esse post, o batom rosa claro (virtude) é o único cremoso, os outros são bem secos e a aplicação exige algumas camadas para a cobertura ficar perfeita. A durabilidade é ótima e as cores são muito intensas, batons bons de verdade, e o preço é justo, por R$16,20 você compra um para chamar de seu.

Tudo de bom, né? Eu estou apaixonada pelo 134 (WONDER), ele é de um tom que fica entre marrom e laranja. Básico e liiindo! Bora ver algumas fotos?

batons felicittá looksfDSCN1155 batons teste felicittá looksbatom teste felicittá loks

Vocês já testaram os batons dessa marca? O que acharam? Aqui em Americana/SP eu nunca vi para vender, mas em São Vicente/SP sei que tem um quiosque no shopping Brisamar. Para quem quiser espiar outros produtos, pesquisar os preços ou conhecer as outras cores de batom, a Felicittá Looks tem uma loja virtual (clique aqui).

*Esse não é um Publieditorial, apenas quis dividir com vocês a minha experiência com os produtos da marca.

Grande beijo!

Hasta la Ju nas redes sociais:

♥ Facebook | Instagram | Youtube ♥

TAG: 5 coisas aleatórias que eu estou amando

Hoje é dia de vídeo, então mesmo que ele saia às 23h59, tá valendo, né?

Eu sei que amar coisas não é uma boa ideia, mas algumas delas são capazes de contribuir muito para nossa alegria. Se quiser saber quais são as 5 coisas que eu estou amando, assista ao vídeo:

Foi difícil escolher apenas 5 coisas, acho que seriam necessários uns 3 vídeos para mostrar tudo que eu mais gosto.

Gente, momento de desabafo. Quero tanto que a Canon volte da assistência técnica logo, ela é tão boa que deixa as outras câmeras aqui de casa parecendo TEKPIX. Por esse motivo, ignorem o foco automático, please.

Não pude deixar de reparar que o meu cabelo está brilhosão, né? Muito em breve virei fofocar com vocês sobre o shampoo que estou usando, porque antes de gravar esse vídeo eu não tinha certeza se era amor ou só um rolo, hahaha. Deixa só eu testar mais um tempo.

Eai, quero saber. Quais os 5 itens que vocês estão amando?

Beeeeeijos!

 Hasta la Ju nas redes sociais:

♥ Facebook | Instagram | Youtube ♥

Favoritos: Tom Zé

Estou há um tempo querendo compartilhar com vocês algumas músicas que escuto muito e que fazem os meus dias mais felizes. Não é para convencer ninguém de que essas são as melhores músicas do mundo, mas para vocês terem uma ideia do que gosto de ouvir.

Existem alguns artistas que tem o dom de criar canções que eu vou gostar. Não sei explicar, mas Humberto Gessinger, Arnaldo Antunes, Renato Russo e Tom Zé são os mestres nessa arte.

Para começar a conversar sobre música aqui no blog escolhi mostrar um pouco do trabalho do Tom Zé:

tom zé .

Para começo de conversa, o cara é irreverente! Com 26 discos lançados, no alto dos seus 78 anos, deixa qualquer mocinho no chinelo. Uma característica marcante das músicas que compõe é a critica social diluída em versos e rimas. Eu o conheci indo em um show lá em Ourinhos. Eu não estava nem um pouco animada com a ideia de ir nesse show, pois não conhecia nenhuma música e achava ele muito alternativo e sem sentido, mas o Douglas me convenceu a ir através da infalível chantagem alimentar.

Gente, eu nunca me diverti tanto em um show. Tom Zé me encantou com toda a simpatia e energia que ele leva para o palco e depois desse dia eu escuto pelo menos 4 vezes na semana discos completos, com direito a repeteco.

De toda a discografia do Tom Zé, vou indicar três álbuns que são deliciosos para se escutar a todo momento, começando pelo Vira Lata na Via Láctea (2014). Cheio de referências a nossa caótica sociedade moderna (que se mostra cada vez mais primitiva), a música Esquerda, Grana e Direita (0:18:15) é a minha preferida.

O álbum pelo qual conheci o trabalho de Tom Zé foi Tropicália Lixo Lógico (2012), então naturalmente esse é o disco que eu mais ouvi. Ele é super animado e ótimo para aqueles momentos de faxina. Eu canto junto do começo ao fim.

Para fechar com chave de ouro indico o álbum Todos os Olhos (1973). Essa capa com o olho que não vê é muito bem pensada e a música da Brigitte Bardot (0:15:54) é bizarra.

Ahh, e se você escutou Tom Zé pela primeira vez e achou muita maluquice junta, relaxa, isso é normal.

Grande beijo!

Site Oficial: http://www.tomze.com.br

Hasta la Ju nas redes sociais:

 Facebook | Instagram | Youtube